22 de fev de 2013


Maria Nilene é reeleita presidente do Consed




A secretária estará a frente do Conselho durante a gestão de 2013 e 2014
A Secretária de Estado da Educação do Mato Grosso do Sul, Maria Nilene Badeca da Costa, foi reeleita nesta quinta-feira (21/02) em Brasília para o segundo mandato consecutivo à presidência do Conselho Nacional de Secretários de Educação, cuja gestão será de dois anos (2013/2014).

Eleita por unanimidade a secretária comandará juntamente com mais quatro vice-presidentes divididos por região para comandar a presidência do Conselho durante o biênio. O resultado ficou assim:

- 1º vice-presidente:Eduardo Deschamps (SC)
- 2º vice-presidente: Klinger Marcos Barbosa Alves (ES);
- 3º vice-presidente: Osvaldo Barreto Filho (BA);
- 4º vice-presidente: Cláudio Cavalcanti Ribeiro (PA);
O Conselho Fiscal da entidade também foi definido e terá como titulares os secretários: Átila Lira (PI), Denilson Bento da Costa (DF), e Isabel Fátima de Luz (RO). Os suplentes são Daniel Queiroz Sant'Ana(AC), Maria Izolda Coelho (CE) e Belivaldo Chagas Silva (SE).
Segundo Maria Nilene, o principal desafio da gestão da presidência do Consed é dar continuidade aos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos, ouvindo todas as reivindicações dos estados e criando assim um ambiente favorável para resolver juntos os desafios da educação. "Precisamos continuar fortalecendo nossas parcerias governamentais e buscar novas para melhorar os programas que o Consed desenvolve como por exemplo o Progestão e Prêmio Gestão Escolar. Como prioridade faremos as regiões regionais para alinhar os desafios dos estados as estratégias do Consed.", disse Nilene.
O Consed é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que congrega, por intermédio de seus titulares, as Secretarias de Educação dos Estados e do Distrito Federal. O órgão tem como objetivo promover a integração das Secretarias de Educação, visando o desenvolvimento de uma educação com qualidade, além de participar na formulação, implementação e avaliação das políticas nacionais de educação.

Nenhum comentário: